2008/12/10

BAME nas Escolas

Inventário museológico da Escola Secundária D. Filipa de Lencastre
No âmbito do projecto de intervenção nas escolas secundárias levado a cabo pela Parque Escolar, EPE, terminou no passado dia 5 de Dezembro o processo de inventariação do património museológico da Escola Secundária D. Filipa de Lencastre onde foram identificados um total de 1062 objectos.

Criada em 1928 para descongestionamento do Liceu Maria Amália Vaz de Carvalho, a Escola Secundária de D. Filipa de Lencastre encontra-se sedeada no Bairro do Arco do Cego desde 1939, tendo vindo a acumular ao longo do século XX um importante espólio de material didáctico, respeitante sobretudo às áreas de Física e Biologia.

Entre os materiais inventariados (Ciências Naturais, Física, Artes Visuais, História e Geografia) são de destacar alguns exemplares de animais marinhos conservados em solução de formol, a extensa colecção de fósseis e um conjunto de artesanato africano utilizado nas aulas de artes visuais.






Legenda:
. Busto - Aretesanato moçambicano (Região Militar de Moçambique, 1962)
. Borboleta - Papilio demodocus
. Phallusia mamillata
. Fósseis - Gastrópodes

2008/12/03

BAME nas Escolas

Inventário dos materiais audiovisuais do antigo Liceu D. João de Castro

No âmbito do projecto BAME nas Escolas foi disponibilizado, em Junho de 2008, parte do inventário museológico do antigo Liceu D. João de Castro (Lisboa), através da plataforma MatrizWeb, que permite a divulgação de informação e imagens.

Este banco de imagens releva-se particularmente pertinente para espólios de material gráfico, nomeadamente a colecção de postais desta Escola, utilizados como materiais audiovisuais. Tratam-se de imagens da primeira metade do século XX, do território nacional (continental, ilhas e ultramarino) que se podem organizar, maioritariamente, nos seguintes itens: património cultural; edifícios públicos; paisagens rurais e urbanas; infra-estruturas; actividades profissionais e vivência quotidiana. Referem-se sobretudo ao período de 1930-1960 e procuram salientar os valores nacionais, caracterizar a paisagem rural e urbana e revelar os progressos tecnológicos da época.

Pese embora o seu interesse para a história do património educativo, este espólio assume um enorme valor documental enquanto fonte iconográfica para o estudo do Portugal do século XX, especialmente para o período do Estado Novo, sendo de particular interesse para a História, História da Arte e Etnologia.

O inventário procurou não se restringir à descrição da imagem, mas, sempre que possível, fornecer informações sobre os locais/edifícios, casas editoras e fotógrafos, sendo que a datação de muitos postais foi feita a partir dessa informação. Os dados foram introduzidos no programa Matriz e, depois de seleccionados e validados, foram disponibilizados 1134 postais desta colecção.







Legenda:
. Claustro de D. João III. Convento de Cristo, Tomar
(ME/ESDJC/900)
. Paisagem. Faial, Açores (ME/ESDJC/131)
. Pavilhão de Portugal na Exposição Internacional de Paris 1937 (ME/ESDJC/786)
. Liceu Nacional de Beja (ME/ESDJC/281)
. Barragem Eng.º Duarte Pacheco, Vale de Cambra (ME/ESDJC/927)

Modo de pesquisa:

A pesquisa no MatrizWeb (depois de entrar no link "Colecções") pode ser feita escrevendo o nome de uma Localidade no campo Denominação/Título, clicando depois em “Pesquisar”.