2008/09/18

Inventário do Património Museológico da Educação

A plataforma MatrizWeb tem disponíveis ao público 4 672 peças, de diferentes tipologias de materiais didácticos, das colecções museológicas das escolas secundárias que integram o projecto Inventário e Digitalização do Património Museológico da Educação.
Neste grupo, encontram-se as colecções das escolas inventariadas no âmbito do processo de modernização da Parque Escolar, EPE, tais como:

  • Eça de Queirós – 31 peças
  • D. Dinis – 1060 peças
  • D. João de Castro – 685 peças
  • Fonseca Benevides – 172 peças
  • Machado de Castro – 190 peças
  • Marquesa de Alorna – 55 peças
  • Rodrigues de Freitas – 10 peças.

Brevemente estarão disponíveis os espólios museológicos de outras escolas, entre as quais: D. Pedro V, Josefa de Óbidos e Rainha D. Amélia.

2008/09/05

Sala da Memória e do Conhecimento: um novo conceito para os museus de escola

O processo de recuperação e modernização do parque escolar português em curso abrange a Escola como um todo. O modelo de Sala da Memória e do Conhecimento a apresentar na próxima 2ª feira, dia 15 de Setembro, na Escola Rodrigues de Freitas, no Porto, constitui uma experiência piloto. Este modelo foi aperfeiçoado em interacção directa com os professores da escola.

A primeira exposição terá como tema central Darwin. Esta exposição, à data da inauguração, está somente prefigurada, sendo a sua construção o resultado dos trabalhos a desenvolver pela comunidade escolar.
Procurando definir um novo programa funcional e de ocupação dos antigos espaços museológicos das Escolas, é apresentado um sumário da Sala da Memória e do Conhecimento.
.....
A ideia central baseia-se na definição de dois anéis concêntricos, denominados anel do conhecimento (exterior) e anel da memória (interior).
Para atingir o anel do Conhecimento será necessário passar previamente pelo anel da Memória.
Estes dois conceitos organizam espaços funcionais independentes, criando áreas perfeitamente distintas. Procurar-se-á criar condições que permitam ocupação simultânea, por vários grupos de trabalho.

O Anel interno, anel do conhecimento, possui uma área de projecção e alguns puffs. Deverá conter lugares sentados móveis para cerca de 30 pessoas. Será destinado a:
  • zona de exposições
  • zona de debates
  • zona de apresentação de trabalhos
  • zona de projecção

O Anel externo, anel da memória, será formado por armários-vitrina onde serão expostos objectos seleccionados do espólio. O sistema de prateleiras, facilmente substituíveis, visa permitir uma fácil alteração da organização dos espólios a expor.
Para esta área, estão previstas duas bancadas/mesas de apoio onde se pode evidenciar determinada peça, consoante a vontade do professor/utilizador.
Uma série de painéis com ilustrações científicas antigas decoram as paredes envolventes. Será destinado a:

  • museu (armários preparados para exposição de peças)
  • zona multimédia / leitura / preparação de trabalhos
  • zona para destaque de peças

Estas salas constituem mais um recurso aberto a toda a escola, onde os objectos portadores da memória, são alavancas para a criação de conhecimento construído de uma forma dinâmica e interactiva.